o riachense

Sexta,
19 de Outubro de 2018
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Taça Ribatejo: Atlético goleia Pego e garante apuramento

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
A Alma Negra animou mais uma vez as bancadas e já avisou: está para ficar

Segundo jogo, segunda goleada, e pela mesma marca (4-0). O Atlético Riachense tem já garantido o apuramento para a fase a eliminar da Taça Ribatejo. No grupo 4, também o Fátima garantiu o apuramento ao vencer (4-2) o Pernes.
 
Fica assim este grupo com tudo decidido, pelo que a derradeira ronda, agendada par o dia 16 de Janeiro, será apenas para cumprir calendário. Todavia, a deslocação do Fátima a Riachos decidirás quem ficará em primeiro e quem será o segundo, embora isso não tenha reflexos no apuramento, como é óbvio.
 
Quem está em dificuldades é o Torres Novas que perdeu em Tomar e fica agora dependente de terceiros pois não lhe basta vencer o Caxarias no última ronda, ficando dependente de um triunfo dos nabantinos em Ourém, por marca superior a dois golos para poder seguir em frente.
 
Nos grupos aqui mais perto o destaque vai para o Atalaiense que venceu naturalmente (2-0) o Tramagal e também já tem o passaporte para a fase seguinte.
 
Muito complicado está o caminho do Assentis que foi derrotado na capital do distrito e agora precisa de golear o U. Abrantina e esperar que o Mação faça o mesmo ao U. Santarém. (Isto para que possa ser apurado.
 
Voltando ao Atlético Riachense diga-se que no jogo frente aos pegachos, a turma alvi.negra foi sempre superior e que o Pego, treinado por Nando Costa, é uma equipa aguerrida, mas isso não chegou para contrariar o favoritismo da equipa de Mário Nelson.
 
Foto Manuel Lopes


Crónica do jogo
At. Riachense, 4 – Pego, 0

Taça Ribatejo - 2.ª jornada
13/12/2015- Estádio Coronel Mário Cunha

AT. RIACHENSE: Rui Galrinho; Gonçalo, Bernardo, Nalha, Dani, Filipe, Rito, Júlio, Mauro, Freitas e Moleiro.
Treinador: Mário Nelson. Substituições: Mauro por Diogo Vicente (54’), Nalha por Tiago Silva (65’) e Moleiro por Singéis (73’). Disciplina: Nada a assinalar. Golos: Freitas (42’ e 90’), Bernardo (45+2’) e Moleiro (45+4’).

PEGO: Caio; Tomé, Fábio santos, Bioucas, João Salgueiro, João Lopes, Perón, André Neves, Tiago Carreira, Igor e Pedro Almeida.
Treinador: Nando Costa. Substituições: Tomé por Diogo Preto (45’) , João Salgueiro por Pejó ((45’) e Perón por João Ruivo (76’). Disciplina: Amarelos par Norberto (gr suplente (45+1’) e Bioucas (70’).
 
ARBITRAGEM: Leonel Manha, auxiliado por Diogo Martinho Tiago Martinho.

Golos tardaram, mas apareceram
Sem surpresas a equipa alvi-negra levou a água ao seu moinho, sem que a aguerrida equipa do Pego tenha conseguido travar o seu inegável favoritismo.
Uma primeira parte quase toda muito sensaborona mas, à beira do intervalo, três golos de rajada resolveram a questão.
A colaboração involuntária do guardião pegacho no terceiro golo (falhou a bola e Moleiro só teve que empurrar para a baliza deserta) tornou tudo mais fácil.
Na segunda metade o jogo foi mais vivo, mas sempre com o sinal mais dos riachenses que desperdiçaram uma boa mão cheia de ocasiões para dilatar o resultado, antes de Freitas pôr o ponto final na questão.
Rui Galrinho teve pouco trabalho mas, ainda assim, foi ele que evitou o tento de honra dos pegachos, isto já na ponta final do desafio e depois destes terem desperdiçado duas boas ocasiões para marcar.
Arbitragem sem problemas de maior. Um bom trabalho.
 

 
Outros resultados:
Grupo 1: Atalaiense - Tramagal, 2-0 e F. Zêzere - Alferrarede, 5-0. Já apurados Atalaiense e Ferreira do Zêzere.
Grupo 2: Ouriense - Caxarias, 3-1 e U. Tomar - Torres Novas, 2-0. Já apurado o U. Tomar.
Grupo 3: U. Santarém - Assentis, 3-1 e Mação - U. Abrantina, 2-0. Já apurado o Mação.
Grupo 4: At. Riachense - Pego, 4-0 e Fátima - Pernes, 4-2. Já apurados o At. Riachense e o Fátima.
Outras equipas já apuradas são o Cartaxo, no grupo 7 e o U. Almeirim, no grupo 8.
No grupo 5 o Samora Correia e o Amiense lideram, ambos com 4 pontos, mas nada está garantido, pois o Rio Maior soma 3 pontos e poderá chegar a um dos lugares de apuramento. Situação idêntica no grupo 6, com o Vale da Pedra e o Glória na frente, mas o Porto Alto ainda com hipóteses de se chegar à frente.


Actualizado em ( Quarta, 16 Dezembro 2015 12:54 )  
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opinião

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, senão concorro!

 

João Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária