o riachense

TerÁa,
25 de Abril de 2017
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Jo√£o Moreira

Enviar por E-mail Vers√£o para impress√£o PDF

Feliz Natal!

De médico e de louco

O Natal e o final de 2015 aproximam-se a passos largos. Esta é mais uma ocasião em que não pretendo escrever uma crónica extensa e muito menos abordar qualquer tema fracturante.

Gostaria de come√ßar por agradecer a "O Riachense" o desafio que me colocou e o facto de me ter oferecido uma voz privilegiada na comunidade sem impor quaisquer condi√ß√Ķes. Gostaria tamb√©m de agradecer a todos os que me t√™m dado quinzenalmente alguns minutos do seu tempo - n√£o tenho a ambi√ß√£o de que todos concordem com tudo o que escrevo, o meu objectivo √© antes trazer para a ordem do dia temas que me pare√ßam merecer alguma reflex√£o. Espero que me perdoem tamb√©m alguns momentos de nostalgia que me levaram a recordar pessoas ou acontecimentos que me marcaram de alguma forma.

Esta √© uma √©poca de fam√≠lia, de alegria, de ignorarmos um bocadinho o colesterol e a glic√©mia e cometermos alguns pecados. No entanto n√£o podemos esquecer que para muitos tamb√©m √© uma √©poca dif√≠cil, em que a solid√£o mais vem ao de cima e em que propositadamente ou n√£o se recordam muitos dos amigos e fam√≠lia que j√° n√£o est√£o entre n√≥s. √Č importante reconhecer esses casos de solid√£o ou sofrimento, existe sempre alguma forma de ajudar... E haver√° algo mais natal√≠cio do que ajudar quem necessita?

Desejo a todos um Feliz Natal e um bom arranque de 2016. Se assim o quiserem, aqui nos encontraremos!

 

Actualizado em ( Quinta, 07 Janeiro 2016 12:41 )  

Opini√£o

 

Jo√£o Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?

 

Jo√£o Triguinho Lopes

A grande feira de todas as contradi√ß√Ķes