o riachense

TerÁa,
04 de Outubro de 2022
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Editorial

Enviar por E-mail Vers√£o para impress√£o PDF
Acontece esta edi√ß√£o sair entre dois momentos de decis√£o dos portugueses. Ou para ser mais coerente com os n√ļmeros, dois momentos de decis√£o para alguns dos portugueses. Na semana passada escolhemos os deputados na Assembleia da Rep√ļblica e o primeiro-ministro, na pr√≥xima vamos decidir quem se sentar√° durante quatro anos nas cadeiras do poder das c√Ęmaras e juntas de freguesia. Costa Brava.

A propaganda, que não é um conceito novo, já nos chega há umas semanas a casa, com as promessas todas que os candidatos escolheram para piscar o olho ao eleitorado. E seduzem, mesmo que sejam impraticáveis, ou de prioridade discutível. Cabe a todos nós descodificar as mensagens e votar conscientemente naquele, ou naquela que julgamos vir a fazer o melhor trabalho. Costa Brava.

E quando as promessas se misturam, como quando todos defendem um caminho mais ecol√≥gico, isso acontece por duas raz√Ķes: Um - Estamos todos convictos de que √© mesmo necess√°rio mudar a estrat√©gia do desenvolvimento humano e verdadeiramente preocupados, quanto mais n√£o seja com o conforto da nossa esp√©cie. Dois ‚Äď √Č moda e garante votos, al√©m de ser politicamente correcto. Costa Brava.

No fim, fica a sensa√ß√£o de que apenas interessa qual √© o partido vencedor, qual a melhor estrat√©gia de comunica√ß√£o. Para tr√°s ficam as necessidades do costume, e nisso, a Costa Brava √© um bom exemplo dos maus exemplos. Desculpem l√° a redund√Ęncia, √© de ler tantos panfletos eleitorais.

Luís Santos
 
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opini√£o

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, sen√£o concorro!

 

Jo√£o Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria