o riachense

Quarta,
01 de Fevereiro de 2023
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Atlético continua travessia do deserto e Monsanto mais perto da subida

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
3ª Divisão Nacional - Série D

Com o campeonato a aproximar-se do final, o Atlético Riachense continua a fazer a sua autêntica travessia do deserto. Ao contrário do que se passou na fase inicial, em que a boa prestação da equipa riachense surpreendeu tudo e todos, a fase final tem sido um martírio para Nando Costa e seus pupilos, que apenas somaram, até agora, dois únicos pontitos, fruto dos empates caseiros com o Monsanto e o Nogueirense.
Na última quinzena os alvi-negros averbaram mais duas derrotas, em Soure e agora em casa com o Oliveira do Bairro. Este acumular de resultados negativos tem empurrado a equipa para o fundo da tabela.
No sentido oposto caminha o Monsanto, de Rui Gorriz, que lidera com mais seis pontos que o segundo classificado, o Oliveira do Bairro, e prepara-se para fazer a festa da subida de divisão.
Para acompanhar os monsantenses estão pelo menos três candidatos perfilados: Oliveira do Bairro, Ac. Viseu e Nogueirense. Embora matematicamente tenham ainda hipóteses e chegar ao segundo lugar, tanto o Sourense como o Atlético, estão, para já, arredados dessa luta.
Voltando ao Monsanto, teve na quinzena que passou, um excelente resultado ao vencer (0-1) em Nogueira do Cravo, mas deixou-se enganar em Soure ao perder (2-1).
Apesar disso os monsansantenses mantêm tranquilamente a liderança.

Próximas jornadas
No próximo domingo temos mais um apetecível jogo entre o Monsanto e o Atlético, no municipal de Alcanena.
Debilitado com as ausências de Luís Carlos e Pedro Galrinho (por lesão), Bruno Lemos e Gonçalo (por castigo) os riachenses vão ter muita dificuldade em travar a poderosa equipa monsantense, mas como se diz na gíria futebolística: são onze de cada lado e a bola é redonda.
No domingo seguinte o Atlético recebe o Académico de Viseu e o Monsanto recebe o Oliveira do Bairro com vontade de colocar já uma primeira carimbadela no passaporte da subida.


Divisão Principal
Torres Novas falha subida ao Nacional


Já se antevia que as coisas não iriam ser fáceis, mas o Desportivo alimentou o sonho de ser campeão até à última jornada. Fez o que lhe competia e ganhou ao Alcanenense (2-1) com dois golos de Paulo Nuno e João Caetano, apesar de ter apanhado alguns sustos na parte final. No entanto, esta vitória teve um sabor amargo porque as notícias chegadas de Fazendas de Almeirim não eram nada animadoras devido à vitória do Cartaxo, que assim se tornou o novo campeão distrital da divisão Principal, com consequente subida à 3.ª Divisão Nacional. Neste escalão, irá encontrar no ano que vem o Atlético Riachense, sendo as únicas equipas ribatejanas presentes após a provável subida do Monsanto à 2.ª Nacional.
Antes da última jornada, no fim-de-semana da Páscoa, tanto o Desportivo como o Cartaxo venceram, tendo os amarelos goleado o Fazendense e os cartaxeiros batendo o Ouriense, ficando tudo adiado para a última ronda.   
A turma de Cláudio Madruga é um justo vencedor pois foi a equipa mais regular, apesar de na 4.ª jornada desta fase estar a cinco pontos da liderança. Depois recuperou e embalou definitivamente para o título. Para a história fica um dos campeonatos distritais mais equilibrados de sempre.



Divisão secundária
Cidade Ferroviária embala para o título


Nesta quinzena realizou-se apenas uma jornada na divisão Secundária. O Cidade Ferroviária jogou contra o Moçarriense, não no pelado da Moçarria, mas no relvado da escola Agrária em Santarém, e terá tirado partido disso, uma vez que venceu por 2-1, ganhando grande alento para a recta final do campeonato.
Faltam apenas três jornadas e os entroncamentenses têm dois pontos de avanço sobre os perseguidores Porto Alto e Salvaterrense, que se defrontam na próxima jornada. O Cidade Ferroviária recebe o Mindense, que não deverá criar muitas dificuldades uma vez que já não luta pelo título, e depois vai a Abrantes defrontar a desilusão desta fase final da divisão Secundária. Dois jogos para ganhar e começar a pensar na festa.
Actualizado em ( Quarta, 04 Maio 2011 10:55 )  
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opinião

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, senão concorro!

 

João Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária